O desempenho das forças políticas de Dona Inês/PB no pleito de 2018

Por
Facebook Whatsapp
Foi divulgado, no início da campanha, no Blog do Almir, os apoios que seriam dados pelas forças políticas de Dona Inês a candidatos que disputariam o pleito de outubro de 2018.

Clique aqui e confira a referida matéria

Assim sendo, apurado as urnas, pode-se perceber o ótimo desempenho do prefeito João Idalino. Todos os candidatos apoiados pelo mesmo, tiveram ótimo desempenho, tanto na cidade, quanto no estado.

O candidato Aguinaldo, apoiado por João Idalino a câmara federal, conseguiu 1.765 votos. Já o estadual, Ricardo Barbosa, obteve 1.584 votos. Ambos os mais votados para seus respectivos cargos dentro do município.

Outra força política que teve destaque, embora sem maquina nenhuma nas mãos, foi o ex-prefeito Antonio Justino. O candidato de Justino à câmara federal obteve 949 votos, sendo o 2º mais votado na cidade, mas não conseguiu se eleger. Ao contrário da candidata de Justino à Assembleia Legislativa, Camila Toscano obteve 892 votos e se elegeu deputada estadual.
Os candidatos de Clodoaldo Maximino foram ambos eleitos, tanto para deputado estadual, Caio Roberto, que teve 619 votos na cidade; bem como para a à Câmara Federal, Gervásio Maia, com 711 votos.

O vice prefeito Demétrio e o vereador Damásio, obtiveram êxito apenas para a Assembleia legislativa, pois o candidato Tião obtive 621 votos na cidade e se elegeu. Ao contrário de Benjamin Maranhão, que apesar de arrancar 564 votos da terrinha, não se reelegeu deputado federal.

A surpresa, talvez, tenha sido a senadora Daniela Ribeiro, que não era cotada como favorita nas pesquisas e que acabou desdobrando como a mais votada na cidade, com 2.813 votos, e ficando com a 2ª vaga no estado. Daniela foi apoiada tanto por Idalino, quanto por Justino.

Para o governo do estado, João Azevêdo repetiu na cidade de Dona Inês o ótimo desempenho que teve no estado. João foi apoiado por Idalino e a ex-vereadora Uliana, fiel ao PSB.

Zé Maranhão, apoiado tanto por Clodoaldo Maximino, fiel ao MDB; bem como por Demétrio e Damásio, ficou em segundo lugar na cidade, e terceiro no estado, com 1.489 votos.

Lucélio Cartaxo, apoiado por Antonio Justino teve apenas 967 votos na cidade.